Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

⊙ A Morada dos Dias

{ Horizontes. Olhares. Rumos Cruzados. Palpitações. Compassos dos Dias. }

12
Mai13

Um Clássico com resultado clássico

vi o jogo num bar, com excelente hamburguer, um batido de manga, e uma sala cheia de benfiquistas. Festejos: zero, em nome da auto-preservação.


Afinal a equipa sem interesse algum e pouco destaque mediático está a um passo do tricampeonato com um plantel curto, sem investimento de milhões e com um treinador desacreditado. Contra todas as expetativas o Futebol Clube do Porto sobe ao primeiro lugar quando já lhe tinha sido feito o funeral. Não que o Benfica não fosse justo campeão, porque seria (será?), mas o resultado e a exibição de ontem espelham bem o que sempre disse da equipa de Jesus: muito investimento, plantel recheado mas descompensado, e um futebol de momentos. A prova de que Jesus não é assim tanto. Perdendo o campeonato será o terceiro em quatro anos. A áurea de messias tem grande almofada mediática e pouca realidade. Bom, mas não genial.
Quanto ao FCP, teve a estrelinha que protege os audazes. Com um banco reduzido de opções, teve no inexperiente Kelvin o herói inesperado. A ser campeão terá de ser com pompa perante as dificuldades de um plantel com tão poucas opções.