Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

⊙ A Morada dos Dias

{ Horizontes. Olhares. Rumos Cruzados. Palpitações. Compassos dos Dias. }

⊙ A Morada dos Dias

{ Horizontes. Olhares. Rumos Cruzados. Palpitações. Compassos dos Dias. }

28
Mai13

Coadoção

O "Prós e Contras" teve o condão de me fazer adormecer irritado, coisa que dispenso bem. Teve, contudo, também a capacidade de me fazer rir, ao ver um gay homofóbico opor-se à coadoção. Mas adiante. Sinceramente considero esta uma falsa discussão, como já disse noutras sedes. Não se está a discutir uma vacina a experimentar. Há dados empíricos sobre o tema. Há vidas, há relatos. A coadoção baseia-se em famílias já existentes, não em futuras e hipotéticas famílias. É ver os casos reais - se funciona muito bem, se não funciona muito bem também. Interpretem os dados, convivam com as chamadas famílias arco-íris. 

Marinho Pinto brande em nome do direito da criança a um pai e uma mãe. Eu brando em nome do direito da criança a uma família, a um lar. São coisas distintas. Uma coisa são as edificações culturais, outras são as instituições sociais de dignidade humana. Mais, enquanto a lei for edificada sobre a moralidade religiosa estaremos sempre condicionados. Digo isto também em matéria do casamento poligâmico, por exemplo, que é uma noção legítima de família. Gostaria de ver que resposta tem MP para o dado sociológico dos filhos do Carnaval? Como resolve a questão das mães solteiras por vontade? E o no caso de um dos parentes falecido, obrigará o viúvo a casar para que haja uma família convencional? E os dadores de esperma terão de assumir a paternidade? O mesmo para os violadores? Em nome de um quadro surrealista de família?


Adenda: vídeo na primeira pessoa:


13 comentários

Comentar post

"E naquela casa, que ninguém conhecia a idade, era como se os dias não fossem dias".

Email | Blog Académico | Página Pessoal 

OS MEUS LIVROS

p-imdv.jpg

O livro está disponível para download aqui. COVER ULHT.JPG O livro está disponível para download aqui O livro está disponível para aquisição aqui O livro está disponível para aquisição através do email correio@cpcy.pt

UNS TANTOS