Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

⊙ A Morada dos Dias

{ Horizontes. Olhares. Rumos Cruzados. Palpitações. Compassos dos Dias. }

03
Jun13

Que se lixem os políticos!

JCS tem razão em notar uma onda esquerdista de indignação premeditada diante do governo, e que tal onda começa a ser publicamente notória. O problema é que vem a terreiro com o 'populismo' como conceito definidor, o qual é também uma excelente categoria acusatória. E é pelas acusações que JCS vai fazendo caminho. Diz ele que as pessoas já perceberam muito bem que o lobo mau da esquerda anda aí e que não vão em cantigas vãs. Ótimo. É sempre triste quando o povo cai em demagogia em matéria eleitoral. Ainda bem que tal não aconteceu em relação a Paulo Portas, Pedro Passos Coelho e Aníbal Cavaco Silva. 

Esqueceu-se JCS de dizer que a esquerda portuguesa tem, ao menos, o que contestar. A direita fica-se pelo silêncio de quem é melhor não se fazer notar nas ruelas mais sombrias. Felizmente bem nota "que os portugueses já não acreditam em nada nem em ninguém". É um facto. E dentro do ninguém cabe bem a esquerda e a direita. Por isso, os portugueses que se juntam num "que se lixe a troika" têm bem estampado um "que se lixem os políticos", porque o descrédito é geral. Sócrates foi um mentiroso populista. Passos Coelho é uma vítima. Eu lembro-me de PPC dizer: "Se formos Governo, posso garantir que não será necessário despedir pessoas nem cortar mais salários para sanear o sistema português." Isto não é populismo?