Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

⊙ A Morada dos Dias

{ Horizontes. Olhares. Rumos Cruzados. Palpitações. Compassos dos Dias. }

⊙ A Morada dos Dias

{ Horizontes. Olhares. Rumos Cruzados. Palpitações. Compassos dos Dias. }

01
Jul13

O Verão das Paisagens da Memória.

O VERÃO É MUITAS COISAS. Para além do calor, do mar, do sal, dos gelados e do viajar. O Verão é também saudades, é construir memórias revisitando outras. No fundo, o Verão é sempre memória do Verão passado. O que foi feito, o que gostaríamos de ter feito, o que não deveríamos ter feito. Tantas coisas. O Verão mostra-nos que quando não se vai é pior. Ficar em casa, não viver o Verão, é obrigarmos-nos a reviver Verões passados. Mesmo aqueles que na altura parecem ter corrido mal, hoje vemos-los com nostalgia, com a saudade do idílico e do maravilhoso. Tive desses, o suficiente. Olhamos os Verões como uma oportunidade de balizar a nossa vida -- este ou aquele Verão, este ou aquele lugar, esta ou aquela pessoa, este ou aquele momento. Enfim. Somos feitos das memórias como as de Verão. E é ao dar-nos a liberdade que o Verão nos prende às memórias de si.

"E naquela casa, que ninguém conhecia a idade, era como se os dias não fossem dias".

Email | Blog Académico | Página Pessoal 

OS MEUS LIVROS

p-imdv.jpg

O livro está disponível para download aqui. COVER ULHT.JPG O livro está disponível para download aqui O livro está disponível para aquisição aqui O livro está disponível para aquisição através do email correio@cpcy.pt

UNS TANTOS