Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

⊙ A Morada dos Dias

{ Horizontes. Olhares. Rumos Cruzados. Palpitações. Compassos dos Dias. }

12
Dez13

O que é a Austeridade?

Provavelmente a palavra mais utilizada ao longo do ano, seguida bem de perto por "troika", entrou nas nossas vidas como um velho conhecido que nos fazia de vítima nos tempos de escola ou como uma capa pastosa que se nos cola à pele e que não somos capazes de tirar com um prolongado duche. Mas o que vem a ser a austeridade? Programa político-económico levado a cabo pela troika nos países intervencionados, é fruto de um modelo ideológico de longue durée alicerçado numa conceção de sociedade hermética e bem definida, que no período da Idade Média se definia em Clero, Nobreza e Povo, e que ao longo da história foi sendo articulada em Nobreza, Burguesia e Operariado, e em Detentores do Capital e Proletariado. A burguesia, em rigor, representa uma variação do modelo, ao expressar as possibilidades da ascensão e mobilidade social simbolizadas no selfmade-man


Com o advento da industrialização, com a globalização, com a produção em massa, o crescimento económico e a emergência das possibilidades de consumo, as sociedades ocidentais viram o seu paradigma social alterado, com o surgimento de uma classe média que permitiu aos filhos, através dos estudos e de bens de consumo, a ascensão social. Ora, quando o capitalismo se tornou selvagem e as famílias se tornaram "chão que já deu uvas" -- endividadas até ao tutano graças a um programa bancário que as seduziu ao super-endividamento -- resurgiu a possibilidade de novo reajustamento social, em que o fosso económico se re-acentua e os remediados deixam o estado provisório de classe média.