Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

⊙ A Morada dos Dias

{ Horizontes. Olhares. Rumos Cruzados. Palpitações. Compassos dos Dias. }

10
Jan14

Estudar Religiões: um estudo menor?

Os estudos em torno das sociedades humanas e do ser humano enquanto microcosmos fora dos quadrantes clínicos, quer fisiológicos quer psiquiátricos, e fora dos quadrantes ocidentais tendem a ser vistos como "menores", "desnecessários" ou "mau investimento". Em contrapartida, estudos de comportamentos animais, por exemplo, são cientificamente protegidos e financiados. De todos os estudos humanos os ligados às religiões são os que mais carecem de dignidade científica e adequado financiamento. O positivismo científico que via na religião um estágio que seria ultrapassado com as sociedades modernas verificou-se uma utopia, uma falácia, ou melhor dito: uma fé contra a fé. Apesar de toda uma produção científica que demonstra o lugar da religião nas sociedades humanas como intrínseca ainda que em permanente mudança, os estudos sobre a mesma permanecem à margem da própria academia, secundarizados, por exemplo, pelos estudos dos media. Se é verdade que os media, as redes sociais etc, encontram um lugar particular nas sociedades ocidentais, não é menos verdade que a religião - seja institucional seja New Age - ocupa um lugar muitas vezes dissimulado mas amplamente presente.