Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

⊙ A Morada dos Dias

{ Horizontes. Olhares. Rumos Cruzados. Palpitações. Compassos dos Dias. }

02
Jul15

A dívida e a soberania

Vamos lá ver: uma coisa são as exigências de garantias de pagamento de empréstimo, coisa que de resto o fazem bancos e instituições que conferem crédito, outra coisa é imposição de regras quanto à gestão interna. Quando vamos ao banco pedir um empréstimo para comprar uma casa, por exemplo, o banco não exige que deixemos de ir de férias, que coloquemos um filho na escola pública ou que dispensemos a senhora que vem limpar a casa uma vez por semana. Exige, sim, garantia de pagamento. A forma como o vamos conseguir é conosco. Ora, é exatamente isto que Tsipras quer - autonomia na gestão da dívida. O que Portugal fez foi entregar a soberania a Berlim, o que é diferente.