Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

⊙ A Morada dos Dias

{ Horizontes. Olhares. Rumos Cruzados. Palpitações. Compassos dos Dias. }

⊙ A Morada dos Dias

{ Horizontes. Olhares. Rumos Cruzados. Palpitações. Compassos dos Dias. }

10
Jan16

A morte que não houve em Svetlana Boym.

MAIS  DO QUE Professora de literaturas eslavas na Universidade de Harvard, Svetlana Boym deixou um legado entre as artes multimédia, a história, a psicologia, a antropologia e a literatura. Um caleidoscópio intelectual inquestionável. Enquanto russo-americana, Svetlana foi capaz de trazer a experiência de emigrante de segunda geração e a convivência com a comunidade russa nos Estados-Unidos para dentro da produção científica, em particular no seu incontornável The Future of Nostalgia, obra inspiradora e que convida à reflexão metodológica do 'gesto etnográfico', para usar um termo de João de Pina Cabral, ao mesmo tempo que traz a questão das experiências nostálgicas, suas dimensões sociológicas, suas narrativas, seus lugares entre os afetos, a memória e o esquecimento para um trabalho profundamente antropológico. 

Boym, falece, em agosto de 2005, semanas depois de ter terminado a leitura de tão notável obra, à qual cheguei numa altura em que preparava as referências bibliográficas para a minha tese de doutoramento, precisamente sobre os sentimentos nostálgicos, não em relação aos emigrados, mas num contexto não antes estudado -- em comunidades religiosas onde a memória atua como sinónimo de «tradição». Boym perdeu a batalha para o cancro, mas graças à sua obra, a sua morte nunca houve. 

"E naquela casa, que ninguém conhecia a idade, era como se os dias não fossem dias".

Email | Blog Académico | Página Pessoal 

OS MEUS LIVROS

p-imdv.jpg

O livro está disponível para download aqui. COVER ULHT.JPG O livro está disponível para download aqui O livro está disponível para aquisição aqui O livro está disponível para aquisição através do email correio@cpcy.pt

UNS TANTOS