Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

⊙ A Morada dos Dias

{ Horizontes. Olhares. Rumos Cruzados. Palpitações. Compassos dos Dias. }

02
Fev14

As Praxes de Paulo Portas.

Quem teve a oportunidade de ouvir o vice-primeiro-ministro a falar sobre as praxes não pode deixar de constatar o ridículo das suas declarações. Diz ele, com grande propriedade e sentido de oportunidade, que as praxes violentas não devem ter lugar nas universidades. Percebe-se que Paulo Portas estava mais preocupado com o eventual eleitorado do que com a realidade. Não terá dado, pois, pelo dado de que a grande maioria das praxes violentas ocorrem fora dos muros das universidades, e esse fator é que é particularmente importante e alarmante. Interessa pensar no que fazer para colocar um ponto final no fenómeno e não varrer o assunto para extramuros académicos, como quem olha para o lado.