Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

⊙ A Morada dos Dias

{ Horizontes. Olhares. Rumos Cruzados. Palpitações. Compassos dos Dias. }

02
Mar16

Três Anos a Morar nos Dias

Faz três anos que me instalei nos blogs do Sapo e criei este A Morada dos Dias, entre outros projetos. Inaugurei o espaço com um postal sobre A Herdeira de Henry James, romance clássico da literatura norte-americana, seguindo-se um punhado de outros comentários sobre livros e uma nota sobre as confusões governativas a propósito do tribunal constitucional. Março celebra ainda, valendo o que vale, os meus 13 anos de blogatividade. A adolescência da escrita na rede. 

Para comemorar a data, inverto o processo corrente na plataforma e entrevisto o Pedro Neves, um dos mentores do Blogs.sapo, e quem me acolheu nos primeiros momentos na casa batráquia:

 

1. O que motiva a equipa dos Blogs do Sapo?
Uma equipa reúne diferentes pessoas, personalidades e talentos. Por isso, todos temos motivações diferentes e fizemos caminhos diferentes para aqui chegar. O "aqui" é uma plataforma que funciona, segura e, esperamos nós, confortável para quem quer partilhar com o mundo aquilo em que está pensar, sentir e ver.

2. Qual é o critério na escolha de um post para destacar?
O tema dos destaques é muito comentado pela comunidade. Isso é bom sinal, porque mostra que as pessoas valorizam essa visibilidade. Os destaques são isso mesmo, uma forma de dar pistas sobre o que está a acontecer no SAPO Blogs. Não é possível destacar todos, na medida em que não conseguimos ler tudo e todos, mas fazemos o nosso melhor. Explicamos mais em detalhe esse trabalho no nosso blog de equipa (http://blogs.blogs.sapo.pt/187339.html), onde também pedimos feedback e sugestões dos nossos visitantes.
 
3. A equipa de Blogs é também uma equipa de blogueiros?
Sim, mas nem todos e nem sempre :) Internamente, usamos a plataforma para planear o nosso trabalho e usamos vários blogs como ferramentas de gestão (os destaques, por exemplo, são feitos inteiramente com recurso a um blog).

 

4. no contexto do Facebook o blogue é uma ferramenta com futuro ou cada vez mais se escreve para o vazio?
O blog é um formato que revolucionou a forma de publicar conteúdos em linha e, à sua maneira, abriu a internet a muita gente. O facebook fez o mesmo, mas de uma forma diferente, que resolve necessidades diferentes, não tanto de publicação, mas de interação e sociabilidade virtual. É requente encontrar a analogia do Google como a auto-estrada da internet. O facebook podia ser as zonas de descanso dessa auto-estrada, onde as pessoas param para conversarem e comentarem sobre o que viram e encontraram. Ou seja, não é um destino final nem um substituto para tudo o resto na internet. É por isso que todos nós que trabalhamos no digital nos esforçamos para que os nossos conteúdos sejam facilmente partilháveis por lá. Nós queremos que os nossos conteúdos cheguem lá e a todas essas pessoas que o facebook soube reunir no mesmo lugar. Isso não substitui os blogs, mas também não resolve a questão, colocada na pergunta, de saber se todos os blogs encontram os seus leitores. Nesse sentido, os bloggers não são diferentes dos jornalistas, escritores, artistas, em suma, de qualquer produtor de conteúdos que se interroga sobre como pode fazer chegar o seu trabalho a mais pessoas. A resposta passa por muita dedicação, originalidade e, no mundo dos blogs, por uma plataforma que se esforça por dar visibilidade aos seus autores :)