Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dias Assim

A direita má não existiu, porque dela é o reino dos céus

Abril 13, 2021

João Ferreira Dias

— A direita má não existiu, porque dela é o reino dos céus — Tirando o Salazarismo que foi de direita porque foi um regime "bom", no quadro do romance com a memória histórica, não houve regimes de direita. O alinhamento retrospectivo do fascismo e do nazismo, em torno do socialismo, é muito interessante. Enquanto regimes autoritários e totalitários, baseados numa identidade nacional unívoca e num fenómeno racial, eram, por inerência, nacionalistas-conservadores. O erro é supor que os movimentos operários não tinham uma dimensão nacionalista e conservadora. Basta ver o operariado católico, um movimento operário conservador, embora humanista. Acresce, v.g., a dimensão de agregação do descontentamento popular que esteve na base do nazismo, um trauma com a memória histórica e o encontro de um inimigo. Sinais próprios do totalitarismo. Transformar esses elementos identificadores de um regime não democrático de direita em sinais de um regime não democrático de esquerda é um primeiro passo para normalizar os movimentos populistas da dita "nova direita" em crescimento na Europa. O comunismo, esse sim regime totalitário de esquerda, tinha uma matriz social e económica de supressão de classes. Naturalmente que na condição de extremismos existem pontos de contacto, mas a reescrita da história é um perigo que se propaga como um vírus. É o apelo judaico da "pureza" aplicada à ideologia política - só é de Direita o regime e a forma de governo que for perfeito. Imagino que o Chega seja o caminho, a verdade e a vida. Começo a ter saudades de Paulo Portas e do CDS-PP pré-paliativo. 

Cólofon

Dias Assim é um blogue de João Ferreira Dias, escrito segundo o Acordo Ortográfico, de publicação avulsa e temática livre. Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.