Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dias Assim

Moura vai ser uma tourada


18.06.21

200252219_10159379004303556_2907507339708160880_n.

André Ventura será o candidato do Chega à CM de Moura. A escolha é surpreendente, mas não inocente, embora, reconheça-se, arrojada. Ao agregar correntes contraditórias, alinhadas com agendas e programas ideológicos, religiosos, económicos, morais, distintos, o Chega só é viável na ausência de um programa claro e, sobretudo, na sua dimensão unipessoal-messiânica. O Chega ainda é o partido de André Ventura, como o FN, agora RN, é o partido de Marine Le Pen. É por isso que Ventura tende a ser o candidato-a-tudo.

Ao escolher Moura, fá-lo consciente da dimensão estratégia da candidatura. Moura é uma terra favorável ao Chega e onde o partido tem enorme expressão. Por duas razões que resumem parte do património combativo do partido: (i) a «questão cigana» e (ii) as touradas como património cultural local que se vê ameaçado pelo crescimento de uma comoção para com os direitos dos animais. É nesse cruzamento que Ventura aposta: o herói que com uma mão se livra dos ciganos e com a outra salva a tourada.

Cólofon

Dias Assim é um blogue de João Ferreira Dias, escrito segundo o Acordo Ortográfico, de publicação avulsa e temática livre. Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.