Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dias Assim

Suzana na mesa do Goucha

Abril 30, 2021

João Ferreira Dias

— Suzana na mesa do Goucha — Vi a entrevista de Suzana Garcia a Manuel Luís Goucha e tirei algumas ilações: i) Suzana Garcia recusa ser populista, para depois fazer a afirmação que define um político populista: "eu sou a voz do povo"; ii) ao ser questionada sobre Mamadou Ba, altera as expressões faciais e apresenta  um tom de voz choroso de quem é vítima daquele, aproveitando o momento para atacar a "left wing", manifestando dessa forma outro elemento do populismo - a polarização da sociedade através da afirmação de um combate a um inimigo do povo (pessoas de bem); iii) a ideia de que diante do racismo e a construção sociológica da racialidade não vê cores, revela-se uma estratégia para não incluir a política de quotas raciais; iv) fala (e com razão) das condições laborais dos agentes de autoridade, reconhecendo o significado eleitoral dessa franja social (antevendo já um confronto com o Chega); v) a propósito da comunidade cigana apresenta-se com um tom de voz acima do normal, gritando "rua", numa afirmação sem pudor de populismo. Assim, toda a sua estratégica discursiva, a sua linguagem corporal, a subida do tom de voz, compõem um quadro eleitoralista vendável, que poderá muito bem levá-la à vitória, mas que deixa Rui Rio com o ónus de ter escolhido uma versão feminina de Ventura, deixando muito evidente que o populismo já não é matéria non grata

Cólofon

Dias Assim é um blogue de João Ferreira Dias, escrito segundo o Acordo Ortográfico, de publicação avulsa e temática livre. Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.