Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Morada dos Dias

{ E naquela casa, que já ninguém conhecia a idade, era como se os dias não fossem dias }

12
Nov19

micropost [18]

Não é o crescimento da extrema-direita que impede a formação de um governo em Espanha, como se diz por aí. É, precisamente, o contrário. Foi a incapacidade de criar uma solução estável de governo, de encontrar pontes e formar alianças, com o forçar de eleições na esperança de uma maioria, que conduziu ao crescimento exponencial do VOX. Neste momento, ou o PSOE encontra uma solução ou o VOX vai ser a solução de governo escolhida pelo povo. Quando não se é capaz de ler o tempo em que se vive, tende-se a cometer erros capitais. A doutrina do "povo carneiro" fez do povo ávido de soluções radicais.

11
Nov19

O novo velho eleitorado

De Bolsonaro ao Chega, de Trump ao Vox, o que procuram as pessoas que neles votam? Considerando as diferenças próprias de contexto, a verdade é que há elementos comuns entre tais eleitores que formam um continuum, um conjunto agregado de motivações partilhadas. Tratam-se de pessoas ressentidas com a marcha dos tempos, descamisados da globalização e do multiculturalismo. São pessoas arreigadas a valores morais que reclamam ser socialmente inquestionáveis. Pessoas que procuram uma materialização política dos seus próprios preconceitos, galvanizados por discursos feitos de chavões que não precisam refletir factos, basta, apenas, que se colem ao que pensam para serem elevados a proclamadores de "verdades incómodas", não se importando que para ver os seus preconceitos ampliados na esfera pública legitimem revisionismos e atropelos à Democracia.

11
Nov19

o fascismo saiu do armário num dia assim

Já não é só protesto, porque os tempos da crise estão ultrapassados, mal ou bem. É convicção nos valores do fascismo possível. É matéria, portanto, de outra natureza. É a rejeição da pluralidade e a nostalgia da glória nacionalista, a exaltação da pátria dos velhos costumes. É a Reunião Nacional, é o Vox, é o Chega, é um pouco por todo o lado. As eleições desta noite em Espanha são a confirmação do regresso do sentimento que possibilitou os regimes ditatoriais, é o desenterrar do franquismo sem a contenção da vergonha. É o resultado da combinação entre globalização e ignorância, entre informação disponível e uma educação que fermentou uma geração acrítica.