Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Morada dos Dias

{ E naquela casa, que já ninguém conhecia a idade, era como se os dias não fossem dias }

Micropost [19]

/ Greta na AR e outros messianismos /

Novembro 15, 2019

O convite a Greta Thunberg para vir discursar à AR é proporcional aos tempos de messianismos que vivemos. Esta coisa de transformar pessoas em símbolos, em que pouco interessa o que dizem mas o que representam, o que personificam, é preocupante e reflete o grau de infantilização democrática de uma sociedade. É, sem dúvida, um fetichismo político coincidente com o modelo de seguidismo que se reciclou. Em alguns casos estamos perante a mera amplificação de chavões e preconceitos, noutros no delírio da êxtase ideológica, e noutros na euforia do Messias.

micropost [18]

Novembro 12, 2019

Não é o crescimento da extrema-direita que impede a formação de um governo em Espanha, como se diz por aí. É, precisamente, o contrário. Foi a incapacidade de criar uma solução estável de governo, de encontrar pontes e formar alianças, com o forçar de eleições na esperança de uma maioria, que conduziu ao crescimento exponencial do VOX. Neste momento, ou o PSOE encontra uma solução ou o VOX vai ser a solução de governo escolhida pelo povo. Quando não se é capaz de ler o tempo em que se vive, tende-se a cometer erros capitais. A doutrina do "povo carneiro" fez do povo ávido de soluções radicais.

micropost [17]

Novembro 09, 2019

Quando olhamos para a situação política na Europa (fiquemos por esta geografia) percebemos que as pessoas estão ansiosas por viver uma ditadura. Isto significa que os sistemas de ensino falharam. Quando não se aprende com a História ela repete-se.

Micropost [16]

Combater o Chega

Novembro 03, 2019

O discurso do Chega não se combate com gritaria nem posições puritanas de ofendido, mas pela confrontação dos factos. Uma das medidas a tomar para combater a narrativa da impunidade dos ciganos passaria por um levantamento do número de presos de etnia de cigana. Facto a facto, sem invisibilidade em favor de um "politicamente correto", contra o populismo.

Micropost [15]

das coisas que fazem a extrema-direita

Novembro 02, 2019

Uma das razões para o crescimento da extrema-direita encontra-se na extrema-esquerda. Não por causa de coisas tão elementares como o direito à autodeterminação em matéria de eutanásia, aborto, género, ou de políticas sociais de combate ao racismo, por exemplo. Não é pela existência tão necessária dessas agendas, mas antes pela radicalização dos discursos cuja razão é a febril afirmação como «verdadeira esquerda». São tantas as luzes que não se vê o palco.

Micropost [13]

Acordo em Desacordo

Setembro 13, 2019

Na defesa do Acordo Ortográfico existia uma razão pragmática de sobrevivência linguística e política da língua, recentrando na ideia de uma língua diversificada mas em processo de encontro. De alguma forma, numa espécie de concessão ao Brasil, na equação populacional, havia uma reparação colonial. Diante das inúmeras falhas do processo e das amplas rejeições de índole ideológica, parece ser tempo de reverter o protocolo.

Micropost [12]

O Portugal que conta

Setembro 12, 2019

Um dos slogans de campanha do Aliança diz que Pedro Santana Lopes conhece Portugal como ninguém. Devido às características sociais do líder do Aliança, podemos deduzir que existe um Portugal que conta, que vai de Vilamoura à Foz do Porto, passa pela Comporta e por Cascais, e o Portugal que não conta, das aldeias perdidas e dos bairros periféricos.

Micropost [11]

A educação segundo Bolsonaro

Março 22, 2019

Tendo por base um estudo do ministro da Educação, Jair Bolsonaro afirma que as crianças apoiadas pelo Estado são menos desenvolvidas intelectualmente. Ao que parece o estudo não existe, sendo, apenas, uma metáfora para dar um ar de acuidade a uma opinião. Ora, se é verdade que o ensino público padece de vários problemas, também é verdade que as famílias apoiadas geraram uma nova classe média brasileira e uma nova geração intelectual oriunda de famílias de baixa renda, como é o caso da nova geração intelectual negra. Por outro lado, o ensino privado não garante, necessariamente, o desenvolvimento intelectual se o ambiente familiar for limitado. Basta ver que ele olhe para dentro de sua casa. 

Micropost [10]

Janeiro 25, 2019

Como se previa, até pelas declarações apressadas de Flávio Bolsonaro, meses atrás, a Venezuela é o palco escolhido para o confronto ideológico entre a aliança em torno de Trump e o eixo russo-chinês. Seja qual for o desfecho, a Venezuela continuará sem a sua autodeterminação. Estamos diante de um jogo geopolítico. Não é, nem jamais foi, o povo venezuelano a razão das coisas.