Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Dias Assim

As Sobras das Vacinas: o que fazer?

Fevereiro 12, 2021

As sobras das vacinas é, por ventura, um dos temas mais delicados associado ao processo de vacinação. Por vários fatores (como por exemplo o não comparecimento ou a impossibilidade de administração por apresentação de sinais virais) ocorre que sobrem doses que estavam previstas serem dadas. O que fazer com elas é uma questão séria, porque pode impulsionar a administração facilitista ou suspeita. Por essa razão, sou a favor da existência de um protocolo, que passa por vacinar bombeiros, agentes de autoridade e pessoal auxiliar hospitalar (limpezas, cantina, etc.).

Micropost [71]

do uso indevido das vacinas

Fevereiro 02, 2021

O uso indevido de vacinas é sintoma de que a corrupção não tem rosto, profissão, situação económica, condição racial ou outra. É uma componente humana ligada à oportunidade e à falência ética. Tanto é corrupto um político que abusa do seu poder, quanto um operário que declara falsamente ter estado com alguém infetado para beneficiar de descanso pago. É a natureza humana. É por isso que temos de ter cuidado com os discursos populistas do "cidadão do bem" contra a "elite corrupta". Lembremos que no Brasil o "cidadão do bem" é racista e se o filho for homossexual cura-o com porrada.

Micropost [49] | A tal vacina

Agosto 08, 2020

Segundo um estudo da Nova Business School, 70% dos portugueses estão “completamente confiantes” de que a vacina contra a covid-19 será segura. Sendo um vírus e não uma bactéria, é preciso ter presente o comportamento mutante dos mesmos. Sabemos que existe vacina para a gripe, mas a sua eficácia é residual, porque o vírus adapta-se ao ecossistema, mudando nos sujeitos e de ano para ano. É mais viável esperar que a imunidade aumente e o vírus se torne menos letal, do que acreditar na eficácia absoluta da vacina, ainda para mais sabendo que o covid-19 já apresenta variações.

subscrever feeds

Cólofon

Dias Assim é um blogue de João Ferreira Dias, escrito segundo o Acordo Ortográfico, de publicação avulsa e temática livre. Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.